Cai o número de Acidentes com Helicópteros no País


Redução nas ocorrências registradas em 2019 é de quase 50% na comparação com 2018. Número de vítimas fatais também diminuiu.


O ano de 2019 registrou queda no número de acidentes envolvendo helicópteros no Brasil. A redução chegou a quase a metade dos casos (48%), na comparação com o ano anterior.

Os dados integram o painel do Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – Sipaer, que pertence ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – Cenipa. As principais causas apontadas como responsáveis pelos acidentes ocorridos em 2019 foram perda de controle em voo; colisão com obstáculo e pouso brusco. Na comparação com a média dos últimos 10 anos, o número de acidentes fatais diminuiu em 9%, e o número de fatalidades em 24%.

Para a Abraphe, que defende a segurança e eficiência da aviação por helicópteros no Brasil, os dados vem ao encontro das investidas recentes em programas voltados aos pilotos em formação e em operação, realizados nas principais capitais do Brasil. “Analisando as causas dos acidentes em anos anteriores, focamos os esforços da entidade em uma força-tarefa envolvendo fabricantes, pilotos em formação, pilotos em operação, autoridades e demais integrantes da cadeia direta e indiretamente para levar informação aos pilotos em operação e os ainda em formação, com vistas em aprender com os fatos, disseminando a doutrina adequada e procurando contribuir para que outras ocorrências pelas mesmas causas pudessem ser evitadas”, explica o presidente da Abraphe, cmte Thales Pereira.

Para o presidente da entidade, que acumula mais de 20 anos de experiência na aviação executiva, as investidas em troca de informação, encontros e programas de treinamento têm sido fundamentais para uma mudança de cultura com vistas ao desenvolvimento seguro da aviação por helicópteros no Brasil. “Para nós da ABRAPHE, um grande fato a comemorar neste ano em que a entidade completa 25 anos”, acrescenta Thales.

O próximo evento previsto pela entidade é o Seminário Internacional sobre Segurança de Voo, evento já tradicional no calendário da entidade e que em sua 11ª edição, que deve ocorrer em abril, reunirá pilotos, alunos, profissionais e empresários da área para a troca de experiência com outros países onde estão estabelecidas as normas internacionais de segurança e as maiores frotas de helicóptero do mundo, com vistas em disseminar informação de relevância à comunidade da asa rotativa no País para resultados promissores na redução de acidentes com helicópteros em território nacional.

Ainda para 2020, além do andamento nos programas já existentes a exemplo do Rotores do Futuro e do Selo de Qualificação Abraphe, estão previstos o lançamento da plataforma EAD, prevendo abranger um número de pilotos ainda maior, especialmente nos estados onde ainda não há sede regional da entidade e ações com os proprietários de aeronaves, com vistas em lançar luz para as situações que possam colocar a operação em risco, o que tende a contribuir nas tomadas de decisões e menor pressão sobre os pilotos.
Para consulta aos dados do Sipaer, acesse aqui.

 

Confira os gráficos abaixo:


Imagem responsiva



Imagem responsiva


Imagem responsiva


Imagem responsiva

   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *