HOMENAGEM ABRAPHE – Cmte Ono


EXEMPLO NOS ARES E NO SOLO – CMTE ONO se aposenta deixando exemplo e legado!

No último dia 31 de agosto o reverenciado Cmte Jirothio ONO, despediu-se do exercício profissional, aposentando-se após mais de cinco décadas de história na aviação brasileira.

 
“Filho de imigrantes japoneses que vieram tentar a vida no Brasil em 1929, nasceu já no país em 25 de maio de 1943.”
 

A seguir os detalhes desta trajetória de sucesso em homenagem a esse grande aviador e como exemplo e inspiração para nossa geração e as próximas que virão:

Sua história na aviação começou em 1961, com 17 anos, quando ingressou na para Força Aérea Brasileira, pela escola preparatória de Cadetes do Ar, em Barbacena, aonde concluiu o ensino médio, prestação do serviço militar e escola de aeronáutica, no Campos dos Afonsos, no Rio de Janeiro.

Em 1966, concluiu a Academia da Força Aérea como aspirante a Oficial Aviador.

Após um breve estágio no centro de instrução para aspirantes em Natal/RN, voltou para a Academia da Força Aérea como instrutor de voo.

Em 1969 serviu, como Tenente Aviador, no Esquadrão de Busca e Salvamento, em Florianópolis/SC.

Em 1971 foi transferido para o primeiro EMRA (Esquadrão Misto de Reconhecimento e Ataque) em Belém/PA.

Na aviação civil, em 1973 trabalhou como piloto civil de helicóptero para Empresa Serviços Aerofotogramétricos Cruzeiro do Sul (coligada das Linhas Aéreas Cruzeiro do Sul), que mais tarde, passou a chamar-se Cruzeiro Taxi Aéreo S/A.

Em 1978 passou a trabalhar para Líder Taxi Aéreo, nos serviços de carga externa de helicóptero na Amazônia, nos mesmo local da antiga Cruzeiro Do Sul.

Em 1981 passou a trabalhar para Helibras, como piloto de ensaios em voo, instrutor de adaptação para clientes da Helibras e voos de demonstração dos helicópteros da marca.

Em 1984, voltou a trabalhar para a Líder Taxi aéreo como encarregado da representação da fábrica de helicópteros da Bell Helicopter Textron, em razão da Líder, na época, ter ganho a representação desta fábrica para o Brasil.

Em 1992 passou a trabalhar para a construtora Andrade Gutierrez, desta vez para voos executivos, em Belo Horizonte/MG.

No ano de 1997 passou a voar na Indústria de Cerâmica Delta, em Barra Bonita/SP, para voos executivos.

Em 2001 passou a voar para o Banco VR e demais companhias do Grupo VR, até a data de 1 de setembro de 2017, efetuando voos executivos de helicópteros.

 

Tipos de voos realizados:

    Helicópteros

  • Instrução e Busca e Salvamento: Bell 47, Bell Uhu1d; Bell Uh1h;
  • Operação Carga Externa Na Amazonia, Sismografia E, Voos De Geofísica (Rastreamento Mineral No Solo Com Carga Externa Bird): Bell 204b; Bell 205a1, Sa318;
  • Operação Off-Shore: Bell 212, Bell 412, Sa 330j Puma;
  • Voos executivos e Voos de Demonstração: Hb315, Hb350b, Sa350b2, Sa355f; Bell222ut, Bell 430, Bell429;
  •  

    Aviões

  • Instrutor de voo da Academia da Força Aérea – Aeronaves Fokker t21; North American t-6; Cessna T-37;
  • Piloto do esquadrão do segundo do décimo GAV – serviço de busca e salvamento. avião Gruman Albatroz sa16;
  • Piloto do esquadrão ENRA. North Aerican T-6, Cessna L-1;

Total geral estimado de horas voadas no período de 53 anos (desde o primeiro voo) é de 14.500 horas aproximadamente – (registro de horas perdidas no incêndio do DAC no Rio De Janeiro).

 

“Ao cmte ONO, nosso agradecimento pela história, inspiração e dedicação à nossa aviação, compartilhada aqui com nossos leitores, associados e apaixonados pela aviação.”